terça-feira, 29 de setembro de 2009

Palavras

Se escrevo é porque preciso conversar comigo mesma. As palavras para mim são como sopros ao vento dissipando sentimentos, arejando a alma. Mas às vezes, vejam só, as palavras não saem, ficam atadas como nó dentro de mim e suponho que para se desatarem precisam de mais entendimento e autenticidade.

Nenhum comentário: