terça-feira, 12 de outubro de 2010

Sossegar a busca

É difícil sossegar a busca por respostas, por indicações sobre o caminho que me leva a mim mesma. É, minha alma é inquieta... e muitas vezes se esquece de que não há algo a ser alcançado senão o próprio caminhar em riso largo. Descanso sou eu que me dou quando permito que a busca seja um jeito de ser sem ter alvo, mas tendo apenas a respiração no agora, no não saber, como quem é criança e sabe, sem saber, que sossegar na dúvida é uma questão de fé. 

Nenhum comentário: